Presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab fez convite e o vice-governador Barbosinha (PP) deve se filiar ao partido neste final de semana. Preterido pelo PP, que já declarou apoio à reeleição de Alan Guedes, Barbosinha deve se filiar para disputar as eleições como candidato a prefeito em Dourados, distante 225 quilômetros de Campo Grande.

A informação foi confirmada ao Jornal Midiamax pelo senador Nelsinho Trad (PSD). “É uma situação que deve se confirmar até este final de semana”, adiantou.

Com isso, os partidos ficam mais próximos, visando apoio para as eleições ao Senado, quando Nelsinho e Reinaldo Azambuja devem disputar por uma vaga, além do deputado federal Vander Loubet (PT).

O primeiro passo para a aproximação foi dado quando Nelsinho declarou que Pedrossian Neto (PSD) não disputaria mais em Campo Grande, já que a sigla apoiaria a candidatura tucana na Capital.

Barbosinha

Insatisfeito com o PP após declaração de apoio a Alan Guedes em Dourados, Barbosinha ensaia há um tempo novas composições para deixar o partido de Tereza Cristina em Mato Grosso do Sul durante a janela partidária.

O vice-governador manteve também conversas com o PL, que resiste ter filiado um nome tão próximo ao governo tucano, para disputar em Dourados.

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB) chegou a fazer um convite formal ao vice-governador para que ele se filiasse ao PSDB. No entanto, sem sucesso, já que os tucanos escolheram Marçal Filho como o pré-candidato em Dourados.