Glória de Dourados, 15 de Dezembro de 2017
Segunda, 04 de Dezembro de 2017 - 08h19
De 79 investigados pela PF, só 22 foram denunciados à Justiça
Faltam provas consistentes para dar suporte aos dados coletados

CORREIO DO ESTADO

Nos quase 60 meses de investigação da Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal, dos 79 investigados, apenas 22 foram efetivamente denunciados à Justiça. Os trabalhos investigatórios começaram em 2013, mas a primeira fase deflagrada da ação ocorreu em 2015. A quinta e última foi realizada no mês passado.

Mesmo com uma centena de apreensões, que chegam a ocupar uma sala inteira na Superintendência da PF, interceptações telefônicas e até delação premiada, o indiciamento do restante dos alvos ainda depende de provas.

“É uma dificuldade que temos em investigações que envolvem lavagem de dinheiro, porque o processo é complicado e tudo indica que os crimes continuam acontecendo, mas temos trabalhado para chegar até elas [provas] e o resultado pode ser visto no número de fases da operação”, explica o chefe da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado, delegado Cleo Mazzotti.

 
© 2012 - 2017 - GloriaInforma - Todos os Direitos Reservados