Glória de Dourados, 17 de Outubro de 2019
Terça, 08 de Outubro de 2019 - 08h08
Com grupo ainda incompleto, Seleção faz primeiro treino em Singapura

Correio do Estado

Na manhã desta segunda-feira, a Seleção Brasileira treinou pela primeira vez em Singapura, visando os amistosos diante de Senegal e Nigéria, nos próximos dias 10 e 13, respectivamente. A atividade contou com apenas 11 jogadores, uma vez que o grupo ainda está incompleto.

Sem goleiros, os jogadores realizaram um trabalho leve, que contou com treino físico e também com bola. A atividade durou cerca de uma hora, e depois disso, Marquinhos e Éder Militão, que não atuaram pelos seus clubes no final de semana, trabalharam com o auxiliar técnico Matheus Bacchi e o auxiliar pontual Cesar Sampaio. Lucas Paquetá, por sua vez, realizou trabalho técnico com o auxiliar Cleber Xavier.

Ainda nesta segunda-feira, são esperados em Singapura Matheus Henrique e Everton, do Grêmio, e Santos, do Athletico. Já na terça-feira, o grupo deve ficar completo com as chegadas de Arthur, Alex Sandro, Ederson, Gabriel Jesus, Weverton, Gabigol, Marcinho e Rodrigo Caio.

Marquinhos projeta duelos difíceis diante de Senegal e Nigéria

Nos próximos dias 10 e 13 de outubro, a Seleção Brasileira realiza amistosos diante de Senegal e Nigéria. Após questionamentos a respeito do nível técnico dos adversários, o zagueiro Marquinhos garantiu que a equipe comandada pelo técnico Tite não terá tarefa fácil.

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, após o primeiro treinamento do grupo em Singapura, o defensor avaliou o estilo de jogo de Senegal e Nigéria.

“São adversários muito intensos, agressivos, com imposição física e jogo técnico também. Vemos grandes jogadores disputando grandes campeonatos na Europa, muitos deles no Francês”, disse.

Além disso, o defensor projetou duelos difíceis, e pediu imposição de jogo por parte do Brasil, a fim de sair com o resultado positivo nas duas partidas.

“Conheço bastante e sei das qualidades deles. Senegal é vice-campeã da Copa da África, time bem intenso, difícil. Temos que fazer grande jogo, impor nosso ritmo”, afirmou.

Por fim, Marquinhos ainda falou sobre os resultados recentes do time de Tite, que empatou com a Colômbia e perdeu para o Peru.

“Sempre é importante o resultado. Tite exige desempenho, fazer bom trabalho, exercer ideias dentro de campo. Mas somos competitivos, queremos vencer. Importante para ter um bom ambiente”, completou.

 
© 2012 - 2017 - GloriaInforma - Todos os Direitos Reservados